top of page
Buscar

Você é grato pelo ano de 2020?

Por que devemos ser gratos mesmo nas adversidades? O Salmo 107.1 responde: “Rendei graças ao Senhor, porque ele é bom, e a sua misericórdia dura para sempre.!” E, principalmente, porque sabemos que isto é agradável a Deus (1Pe 2.19).

Este ano de pandemia, foi um ano de conversões, provações, fortalecimentos e alguns abandonos. Corações tão cheios de misérias às vezes não são capazes de perceber a felicidade ao seu lado, os corações tão cheios de imperfeições não são capazes de serem gratos a sua simples existência. Sermos gratos também é andar por fé, sabendo que Deus está no controle de tudo e que todas as coisas que nos acontecem podem ser usadas, segundo a sua misericórdia, sempre para o nosso próprio bem. Esta é a conversão mais urgente que nós quanto Católicos precisamos vivenciar, de sermos gratos, sermos gratos às pessoas ao qual tivemos a honra de ter presentes neste dia, sermos gratos a saúde que Deus nos deu, sermos gratos por estar lendo hoje este jornal, sermos gratos de estarmos vivendo em uma comunidade de amor, sermos gratos de poder alimentar os nossos sonhos, sermos gratos de termos fé, sermos gratos de termos esperança, sermos gratos de saber que estamos em Comunhão estabelecida em Cristo e que Ele nos salvou do pecado, sermos gratos pela vida. E que essa trama da existência foi nos amarrando e que você está no coração de alguém que sofre por nossas fraquezas mesmo nunca estando com ela.

Parece tão clichê, atualmente virou modinha todos usam sem compreender o sentido, “Tudo posso naquele que me fortalece”, esta frase tirado de Filipenses nos representam muito, pois mostram momento de gratidão utilizada por Paulo, onde o mesmo passou por muitos obstáculos e jamais deixou de agradecer a Deus e louvá-lo.


Colocando agora a passagem completa de Filipenses compreenda o significado da gratidão ao qual Paulo se refere: “Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece”. (Filipenses 4:11-13)”. Precisamos dar graças a Deus sempre e em todo o lugar, não interessa adversidade ao qual estamos passando, devemos deixar de lado no nosso egocentrismo e neste momento colocarmos em nossa frente e darmos Glória Àquele que verdadeiramente pode nos conduzir em Triunfo ao caminho da vida eterna.


Gratidão e louvor devem andar juntos, louvar é aplaudir, elogiar, e portanto, quando louvamos a Deus, estamos declarando toda a nossa imensa gratidão e, e reconhecendo que ele é bom, e que ele faz é sempre o melhor para nós. O ano de 2020 foi de adversidades, ocorreu pandemia, houve muitas injustiças, crises econômicas, mudanças climáticas intensas, crises hídricas, perseguição a Igreja Católica, mas nem por isso deixamos de agradecer a Deus, pois Jesus disse que jamais seria fácil segui-lo, estamos tendo a prova disso. Então meus amigos ao findar deste ano devemos agradecer a Deus, por todas estas pedras que tivemos no meio do caminho em 2020, a cruz é pesada, mas como Cirineu estamos juntos quanto comunidade para carregar a Cruz, e Como disse o Papa Francisco em sua Homilia no dia da Bênção urbi et orbi Cristo está no mesmo Barco, não há o que temermos, vamos nos acalmar, e agradecer depois da Tempestade vem a calmaria.


Lembrando-nos que o Salmo 50 nos diz “O que me oferece sacrifício de ações de graças, esse me glorificará…” (Salmos 50:23) então tudo o que estamos passando neste momento oferece como graça, e se você é grato a alguém, diga isso a essa pessoa; e se você é grato ao Senhor, louve-o. Declare sua gratidão orando, cantando, vivendo de maneira agradável a Ele!



58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentarer


bottom of page