top of page
Buscar

MAIO: mês do amor materno.

Confira abaixo, o artigo escrito por Junior Luz, coordenador diocesano da RCC da Arquidiocese de Passo Fundo/RS, disponibilizado ao Jornal Louvor.


Há muito o que falar sobre a devoção que nós católicos sentimos por Maria, em especial neste mês. Não por acaso este é o mês das mães, e é também o mês que celebramos o amor de Maria por seus filhos, expressado em especial por sua aparição em Fátima aos três pastorinhos. Como é importante para nossa vida a Devoção Mariana. Não se trata de uma simples devoção mas, uma devoção de valor incalculável. Por esta razão, o mês de maio é aguardado e celebrado de uma forma muito especial. Temos várias formas de nos aproximar de Nossa Senhora, a mais importante e conhecida é a oração do rosário. Este que na docilidade do Espírito Santo foi se tornando uma arma, não que destrói vidas mas, poderosamente as reconstrói. Para São Padre Pio de Pietrelcina “o rosário é a arma para estes tempos”. Maio é mês dedicado a Nossa Senhora do Rosário de Fátima que, em suas aparições nos pediu para rezar, e rezá-lo bem. Suas mensagens são tão profundas que ainda hoje acendem em nós o desejo pela oração. Maria, quando encontra em nosso coração a simplicidade e a humildade, com amor materno nos envolve de graças especiais. A São Domingos, a Virgem revelou que aquele que rezar e divulgar o santo rosário será coberto de bênçãos e será salvo.


Como podemos fortalecer esta devoção Mariana nos tempos de hoje? Pergunta interessante. Para mim, para fortalecer este amor a Virgem Maria é preciso, primeiramente, ter maturidade de fé, e confiar nos dogmas da igreja, reconhecendo o que esta nos ensina e nos orienta. A vida de oração diária é um ótimo caminho de intimidade e fortalecimento, pois através do Espírito Santo, recebemos uma força que reascende em nós o desejo de estar com o Senhor.


Na oração do rosário contemplamos a vida de Jesus. Em cada mistério contemplado encontramos o amor que vem do seio materno e nos cura, une e converte.

Para finalizar, trago um testemunho pessoal que vivi com minha família, uma experiência do grande amor da virgem Maria para com todos nós. Era o ano de 2011, quando minha esposa entrou em grave depressão, sendo necessário a utilização de medicamentos fortes. Porém, não havia melhora. Neste período, um tempo tão difícil tanto para mim quanto para ela, tínhamos 3 filhos pequenos. Mas, foi nesse tempo que a Virgem Maria nos resgatou.

Com o pedido de internação feito pelos médicos, recusei-me a aceitar e então, o que fizemos? Recorremos a Virgem Santíssima. Minha esposa, num esforço incalculável rezava o Rosário diariamente, e eu no caminho para o trabalho, o rezava também. Foi nesta oração que reencontramos o amor e a cura. Hoje graças a Deus pela Intercessão de Nossa Senhora de Fátima, somos muito abençoados. Temos cinco lindos Filhos e todos eles consagrados a Nossa Senhora. Costumo dizer, carinhosamente, que ela é nossa comadre. Neste ano, completamos 16 anos de vida matrimonial consagradas a Nossa Senhora de Fátima. Amado e amada do Senhor, não tenha receio de recorrer a Nossa Senhora, pois Ela aguarda por você, aguarda para te abençoar.

Virgem Maria, causa de nossa alegria, rogai por nós!
85 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page